4 de novembro de 2010

Turismo em Paraty (RJ) com estilo

O blog Choose Your Trip apresenta um novo quadro. 
Turismo com Estilo, trará dicas de moda e como arrumar suas malas de acordo com cada destino. 
A parceria hoje é feita junto com o Blog Oxique, então, simbora...

O Turismo

Se há um lugar que os patrimônios culturais e naturais encantam os visitantes, esse lugar é carioca.
Paraty é uma cidade colonial do Rio de Janeiro e é considerada Patrimônio Histórico Nacional.
Centro Histórico de Paraty
Considerada pela UNESCO como o "conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso" e tombado pelo IPHAN como Patrimônio Nacional, o Centro Histórico de Paraty remonta aos idos de 1820 e só pelo seu título e importância, já podemos imaginar o que vamos encontrar por lá não é mesmo?


O turista tem também a oportunidade de conhecer o trabalho das tribos indígenas que vivem até hoje na região e conhecer o processo de fabricação da pinga tendo a chance de apreciá-la já que ninguém é de ferro e caso se apaixone pelo sabor deixo a sugestão da viagem pro mês de agosto, quando acontece o Festival da Pinga.

A parte artística de Paraty fica por conta do Grupo Contadores de Estórias que se apresentam regularmente no Teatro Espaço. O grupo encanta a crítica especializada como o jornalista Stephen Holden do jornal The New York Times que disse: “Ao final da apresentação sem palavras, fica a extraordinária sensação de que as figuras em miniatura são mais reais que os humanos.”

Okay, deixando o nosso lado culto, Paraty oferece aos turistas diversos  pontos naturais para contemplar a natureza.
São ao todo 43 praias contando com a maravilha vila de Trindade (um destino que você não pode deixar de conhecer), 12 cachoeiras, algumas com difícil acesso devido ao relevo acidentado que acaba deixando ainda mais emocionante o encontro e outras 50 ilhas, vale lembrar que nem todas têm livre acesso, mas uma que vale a pena conhecer é a Ilha do Araújo onde encontra-se uma comunidade caiçara que preserva seu artesanato e as tradições como a Festa de São Pedro e Festival do Camarão no mês de junho.
Devido a suas águas claras e calmas, o mergulho é outro forte da cidade que tem a disposição 10 pontos de mergulho, para iniciantes ou experientes.
Se estiver em um barco de passeio, pode ter a felicidade de se deparar com baleias, botos e golfinhos. Ao todo existe 79 espécies descritas, 39 no território brasileiro e 13 podem ser encontradas na Baía da Ilha Grande.
 
Praia Brava / Cabeça de Indio / Cachadaço / Praia do Meio

 Para quem procura um bem-estar mais completo, Paraty oferece também serviços de aromatopia, massagem, sauna, ofurô, etc. O turismo de saúde é bem visto devido a localização privilegiada, com acessos a cachoeiras, natureza, pássaros, além de toda a estrutura profissional.
De certo Paraty não é um lugar para ser visitado em um ou dois dias tamanho é sua diversidade turística.

Ilha do Breu/Cachoeira Pedra Branca

Por ter essa diversidade de atrativos como praias, cachoeiras, teatro, festas; os turistas precisam saber o que levar para viagem e o blog #ChooseYourTrip convidou o #Oxique para dar as dicas de moda masculina para você homem que tradicionalmente nunca sabe como montar as malas.


Oxi! Que tal arrumar as malas e cair na estrada?

O Oxique está de malas prontas com destino à praia de Paraty no estado do Rio de Janeiro, acompanhado do Choose your Trip.
 
Oxi! Mas o que tem moda a ver com turismo?
Você descobrirá que moda não está apenas em etiquetas e nas araras das lojas. A moda está no cotidiano, nas ruas, na cultura, na arte, na televisão... Ou seja, viajar também é moda, pois conhecer outros lugares, outras culturas, adentrar em outro mundo nada mais que do que descobrir determinado estado, país, continente através da sua comida, música, linguagem e roupas!
Oxi! Mas que roupa levar?
Calma. Pelo que já percebemos, trata-se de uma cidade litorânea, portanto roupas leves. Ou seja, sua mala terá um clima todo verão. Bermudas, Camisas e Regatas, Uma calça ou duas no máximo, óculos de sol, boné e chapéu, sandália e tênis, e claro protetor solar e roupas de tecidos leves.
Oxi! Tá na hora de colocar as roupas na mala!
Primeiro é preciso saber quantos dias você terá de viagem, pois a quantidade de roupas vai de acordo com a quantidade de dias, isso para evitar o excesso.
O Oxique e o Choose your Trip, vamos passar 4 dias!
Por se tratar de uma cidade litorânea, sunga ou bermudas não podem faltar, pois ninguém resiste ao mar de Paraty. Então, duas sungas ou duas bermudas.
Camisas básicas e leves, de algodão principalmente. Camisas regatas também. E sendo assim, 4 camisas básicas e 2 regatas.
Uma calça jeans e alguma outra de algum tecido bem leve, pode ser algodão. Mais do que isso é exagero.
Sandália, de couro para restaurantes e lugares mais arrumados e despojados e para a praia, sandálias emborrachadas. Ou até mesmo, você pode aderir ao croc e leva-lo em sua mala ao invés da sandália.
Boné ou chapéu, dois ou três no máximo. Nada de exageros.
Cueca é sempre uma dúvida e, portanto, leve sempre o dobro de dias, ou seja, oito.
Hum... Esquecendo alguma coisa?
Ah! Protetor solar e claro cremes para o cabelo não ressacar.
E antes que eu me esqueça, combine as roupas antes de por na mala. Uma bermuda para duas ou três camisas e assim sucessivamente.
Não é difícil, é questão apenas de focar na programação, nas características locais e alçar vôo!


Praia, dia/noite.
Se vai passar a manhã e a noite na praia, use uma bermuda confortável e que seque rápido, se você for aqueles que adora um banho de mar. Esteja sempre com uma camisa para em seguida entrar em locais fechado para almoçar e jantar. E claro, protetor solar, um boné e uma sandália nos pés.

E a noite na praia? Uma bermuda de tecido e uma camisa despojada e vá com uma sandália de couro nos pés ou até um tênis rasteiro. Abuse da simplicidade.

Cachoeira
A roupa para a cachoeira é a mesma de um dia de sol na praia. Bermuda ou sunga como preferires e uma camisa.

Teatro
Para o teatro use uma calça e uma camisa mais arrumada, pode ser aquela pólo que você levou ou até aquela camisa xadrez. Um tênis e como já disse, opte pela simplicidade que todo turista tem!
  
Centro Histórico
Hum... Se você vai ao centro histórico é sinônimo de que vai andar muito, portanto um tênis nos pés para agüentar o tranco, uma bermuda para agüentar o calor de uma cidade litorânea e uma camisa confortável. E claro, que tal um chapéu panamá para se proteger do sol?


 
Contatos

Casa da Cultura de Paraty
Rua Dona Geralda, 177 - Centro Histórico – Paraty RJ - Cep: 23.970-000
Tel/Fax.: (24) 3371-2325  



Blog Parceiro Turismo com Estilo


7 comentários:

JhonSiller disse...

Cara venho te parabenizar pela parceiria dos blogs. A publicação ficou o maximo HAHAHAHA.
Paraty parece ser uma cidade linda mesmo! Terei mó prazer em seguir sua dica, tanto no turismo quanto no que levar. Um grande abraço!

Maurício Pascoal disse...

Viagem e moda? Quem já imaginou que poderia render algo tão bom quanto esses textos em? hauahauahaua

Essa parceria ainda vai dar o que falar e muitas viagens ainda virão por ai! hauahaua

Quebrando o Ócio disse...

muito bom o Post, confesso que nunca tinha ouvido falar de Paraty.. mas depois desse post com certeza entrou na minha lista dos lugares do Brasil que quero conhecer.
Adorei a parceria com o Oxique, vou seguir essas dicas assim que for viajar, talvez ainda esse mês *---*

@MichelliRammos

Letícia Perdigão disse...

Já sentia um amor por Paraty, agora quero conhecer o mais breve possível.
Adoro suas dicas e sugestões!
:*

José María Souza Costa disse...

Estilos e viagens, estão sempre juntos. Passei aqui lendo o seu blog. Estou cá, lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles estarei lá esperando por vc
Abrass
www.josemariacostaescreveu.blogspot.com

JhonSiller disse...

Não é porque era da minha cidade não, mas Sérgio Sampaio era espetacular!

Ju Fuzetto disse...

Adorei a dica!!

beijos. Seu blog é maravilhoso!!