27 de dezembro de 2010

Tinha postado um texto tão pobrezinho que fiquei até com medo de deixá-lo por mais algum tempo no ar.
Por isso resolvi deleta-lo e criar outro...

Contratempo, resultado do 'jeitinho brasileiro' de ser.

Reveillon vem aí e de certo você já está no seu destino ou já começa a preparar as malas para poder viajar e curtir a virada do ano em grande estilo certo?!
Você que já viajou fez o certo; nada melhor do que antecipar sua viagem para evitar contratempos, desgastes físicos e mentais logo numa data tão esperada por todos; você que ainda não viajou e levanta a bandeirinha 'jeito brasileiro de ser' e vai deixar a viagem pro dia 30 ou quem sabe 31, certamente não sabe o que está fazendo.

Bom, mas vou deixar você por dentro de TUDO o que tem direito caso os imprevistos insistam em acabar com seu 2010.

Se for de avião:
- 1h o passageiro terá direito a telefone e internet grátis.

- 2h Alimentação
- 4h Acomodação necessário seja no próprio aeroporto ou externas, trasnporte mais hospedagem quando necessário.
Passadas 4h o passageiro terá o direito de reacomodação na mesma companhia ou outra com a mesma rota.
O reembolso só será efetuado apartir das 4h esperadas pelo passageiro, que será reembolsado integralmente com a mesma forma de pagamento do bilhete.

No caso de cancelamento o passageiro deverá ser reacomodado imediatamente.

É importantíssimo que você passageiro exija por escrito as causas do atraso e/ou cancelamento, é seu direito. Além de em uma possível indenização esse documento poderá ser usado.

Se a viagem é de ônibus e a viagem for cancelada (raramente acontece), ou atrasa mais de uma hora a companhia tem a obrigação de embarcar o passageiro no próximo horário em outra companhia.

Mas agora que já sabe os transtornos que pode ter caso faça do 'jeitinho brasileiro' que tal remarcar sua saída para dias e horários menos intensos?
Até porque, ninguem merece encerrar o ano de 2010 e começar 2011 dentro de uma rodoviária ou aeroporto não é mesmo?

Então; boas festas pra quem vai e pra quem fica; que 2011 seja repleto de tempos livres para que vocês leitores possam praticar o turismo, que seus destinos sempre os surpreendam positivamente.

Feliz 2011 a todos!!!

15 de dezembro de 2010

1,2,3 Ação!!!

Já faz um tempo que venho pensando em fazer uma postagem de turismo relacionado a cinema; dica da minha amiga @annekarolines.
Ela me indicou New York, I Love You e Paris, Je T'Aime, os filmes fazem parte de um projeto "Cities of love" do produtor francês Emmannuel Benbihy, onde várias cidades do mundo servem para a gravação de curtas-metragens sobre o amor e o próximo filme do projeto já tem seu roteiro; será Rio, Eu Te Amo. Isso mesmo, o Rio de Janeiro será palco de um curta desse produtor; e poderia faltar uma cidade brasileira nesse projeto? Definitivamente, não.


Pois bem, devido a contratempos ainda não pude assistir New York, I Love You e nem Paris, Je T'Aime que complementaria com Um Divã em Nova York (esse já assisti, é indico), mas pra não deixar esse post sem dicas de turismo, vou indicar alguns tours para você fazer.


Faça do seu destino o set de filmagem da sua vida, essa é a aposta de muitas operadoras de viagens, tornando-se fácil encontrar esses roteiros temáticos. Com o fim da saga Harry Potter se aproximando, começa a aumentar a procura onde o bruxinho inglês tenha passado.
Já quem não gosta de Harry Potter e não quer fugir do tema fantasia, pode optar por um roteiro cênico pela Nova Zelândia inspirado em Senhor dos Anéis.
Os roteiros incluem filmes clássicos e séries de TV como Família Soprano, o sucesso "Comer, Rezar, Amar" também está com o itinerário pronto para você curtir.

Comer, Rezar, Amar  |  Harry Potter  |  Senhor dos Anéis  |  Família Soprano

Agora, quer algo mais assustador?
Que tal conhecer o set de filmagem do filme O Exorcista? No meio das filmagens o set pegou fogo e o único lugar intacto foi o da garotinha possuída. Hoje a casa pertence a Warner e é ponto turístico.

Dicas de operadoras onde encontrará esses roteiros.



PS: Então fica aqui o compromisso de no próximo post falar sobre os filmes New York, I Love You, Paris, Je T'Aime e Um Divã em Nova York.


Perguntas, sugestões de posts e críticas
entre em contato pelo e-mail
diogo.fobento@hotmail.com

8 de dezembro de 2010

Piuíííííí

"Antes de tudo, peço desculpas, pois o texto a seguir não terá o mesmo desenvolvimento dos demais, será algo mais formal, mas não mudei meu jeito de postar."

Um dos projetos do Subsecretário de Turismo Professor Fred Vanderlei Pimentel da cidade de Botucatu para o ano de 2011 é a reativação da "Maria Fumaça".
A etapa inicial é fazer o trajeto de Botucatu ao Distrito de Rubião Jr. com duração média de 35 minutos passando pelo Jardim Botânico da UNESP, Igreja de Santo Antonio entre outros pontos.

Jardim Botanico da UNESP - Botucatu | Galeria de Joyce Galvão
Para o futuro, Pimentel pretende expandir o trajeto, tendo como destino final o bairro de César Neto, aumentando a duração do percurso para uma hora; passando por túneis e estações importantíssimas nos tempos aureos das ferrovias.

Foto Valéria Cuter
O custo para essa reativação custará menos aos cofres públicos do que poderia custar devido a malha ferroviária já estar pronta e em "bom estado"; tendo quefazer a restauração apenas da locomotiva.
Digo o custo para a REATIVAÇÃO; porque ao que parece um dos pontos pelos quais o passeio passaria está sofrendo com a falta de manutenção e a depredação por vandalos que vão até o morro de Rubião Júnior onde fica a Igreja de Santo Antonio para praticar atos ilícitos.
Igreja de Santo Antonio, Rubião Jr.


Bom, tudo isso ainda está no papel e só realmente me empolgarei quando ver os investimentos sendo realizado já que desde que foi criada a pasta de Turismo na cidade de Botucatu a mesma nunca fez grandes investimentos que poderiam fomentar essa atividade na cidade que tem um ENORME potencial.

 Fonte Jornal Acontece
________________________


Tem enquete no blog, respondam lá...
Perguntas, sugestões de posts e críticas
entre em contato pelo e-mail
diogo.fobento@hotmail.com




29 de novembro de 2010

Guia dos mochileiros - Terceiro e último passo.

Guia dos mochileiros - Seu dinheiro seguro.

Bom pessoal, 
nos últimos posts vocês acompanharam as dica #ChooseYourTrip para mochilar por esse mundão.
Pois bem, para encerrar vou deixar aqui dicas básicas que certamente você astuto que é já deve ter pensado.
"_ E onde levo o dinheiro?"

Pois é, como já disse; você turista parece ter uma tatuagem dizendo que tem grana e está pronta para usa-la sem nenhum pudor; e isso atrai o comércio de todos os tipos, inclusive o comércio negro assaltantes, então se levar dinheiro em espécie, divida ela entre a mochila, carteira, cuecas essa já manjada pelos nossos colegas politicos, meias, etc.
Outra dica é preferir os cartões e para você que vai viajar para o exterior existe um especial chamdo de cartão Visa TravelMoney; além da praticidade e segurança esse cartão trás outros beneficios como:
- Não tem variação cambial contra a alta do dólar;
- O sacado sai na moeda do país em que está efetuando o saque;
- Ótima taxa de aceitação;
- etc...

As dicas para um mochilão seguro acabaram; agora é escolher #ChooseYourTrip.



Perguntas, sugestões e críticas 
podem entrar em contato pelo e-mail
diogo.fobento@hotmail.com

23 de novembro de 2010

Guia dos mochileiros - Segundo passo

Guia dos mochileiros - Orçamento parte 3/3 Alimentação

A parte deliciosa da viagem e podendo ser a mais salgada também $$.
Chegou a hora de você jogar essa timidez pra longe. Isso porque, se você quer mesmo economizar terá que pechinchar, e como os turistas tem uma tatuagem na testa dizendo: "Sou turista, sou rico, cobre mais caro e eu compro dois", trate de aprender essa arte. Infelizmente pra isso não tenho dicas; alias...se tiverem me mande. Eu preciso!!!

Os albergues/hostels oferecem cozinhas para o viajante que optar pelo supermercado que não deixa de ser um ótimo pedido, já que tudo que tem aí, tem lá; ou quase tudo.

Feijoada, típica cozinha brasileira.
Agora, você não pode deixar de saborear a gastronomia local; é importante para a comunidade receptiva e pra você que voltará pra casa com novos horizontes culinários e pode surpreender aquele seu cunhado chato que só sabe fazer um churrasquinho de gato que também não deixa de ser a gastronomia local, rsrs.

Além disso, o Brasil possui uma imensa diversificação gastronomica e vale a pena conhecer cada uma delas.
Arroz Carreteiro | Pão de Queijo | Caldeirada de Tucunaré

Crocodilo Dundee

"Ahhh!!! Mas eu estou no meio do mato, não tem restaurante, não tem supermercado. O que eu faço?"
Bom, agora é a hora de você encarnar o Crocodilo Dundee e ir a caça, brincadeira.
Se você for pra camping, não esqueça do seu equipamento de fogo.






Só para constar...
O Ministério da Saúde ao Viajante adverte; as chances de adquirir a diarréia do viajante ou intoxicação alimentar em um mochilão é muito alta, portanto; muita atenção.



Para sugestões de posts, críticas ou dúvidas,
entrar em contato através do e-mail
diogo.fobento@hotmail.com

17 de novembro de 2010

Guia dos mochileiros - Segundo Passo

...Continuando o post da semana passada que está logo abaixo desse ou neste link vou continuar falando de como economizar na hora do mochilão, então segue aí:

Guia dos Mochileiros - Orçamento. Parte 2/3 Hospedagem

Chegou a hora de você dormir/descançar, porque apesar de não da vontade de perder um só segundo da sua viagem maravilhosa; você precisa...

I - Albergues/Hostels
Calma!!! O filme O Albegue não tem nada a vê com o que vou indicar a vocês okay?!
Se você quer privacidade e conforto, risque agora mesmo essa opção. Os albergues normalmente disponibilizam quartos coletivos com banheiros coletivos, alguns deles o banheiro é até fora do estabelecimento; outros ainda possuem quartos privados. Normalmente os albergues são mais baratos que os hotéis economicos.
O fato de eu ter dito que não possui conforto não significa que são precários e com péssima infra estrutura, é que em comparação a um hotel, tem lá suas diferenças.
Serviços: Os serviços nos albergues são limitados, eles oferecem armários que deve ser trancado com cadeado e se você não tiver o seu, sem problemas; eles oferecem ou alugam, isso mesmo...eles alugam. Esse mesmo método é utilizado com as lavanderias, cozinhas, toalhas e roupas de cama.
Alguns estabelecimentos oferecem café da manhã incluso, outros vendem.
E você que quer twittar no seui microblog ou postar em seu diário de viajante, sem problemas; alguns disponibilizam a internet.

II - Hotéis Econômicos
No geral eles são uma boa pedida; não possuem grandes mordomias. Mas se quer economizar e não precisa mais que uma cama limpa para se deitar e uma boa ducha é o ideal.

III - Camping Free
Em quase todos os seus destinos você pode encontrar campings free ou quase e é nessa hora que você vai tirar do bolso da calça uma barraca e montá-la em dois tempos. Como esses dois rapazes aqui.
video

O camping é uma ótima opção para você que quer curtir a natureza e preserva a sua Garoupa de 100R$ no bolso; pois é de graça, ou quase.
Mas pense no tempo; ambientes gelados e húmidos necessitam de cuidados especiais como saco de dormir e roupas especiais; ou construa um iglu.

IV - Se hospedar de graça na casa de outro viajante
Se você já assistiu Um Divã Em Nova York(apesar de que eles trocaram de casa por um periodo maior do que é esperado para um mochilão), sabe do que estou falando.
A troca de hospedagem é uma ótima opção, mas no Brasil ainda é raro encontrar pessoas disponíveis para esse tipo de hospedagem. Para ajudar, vou deixar aqui a dica de dois sites o Hospitality Club e o Couchsurfing.

VI - "Qualquer" lugar
Se você está viajando de ônibus, pode optar por dormir ali mesmo e babar no ombro do viajante do lado; se for com seu veículo próprio, pode parar em pontos para descanço ou revezar com seu amigo. Há diversos lugares que você pode dar aquela cochilada ou uma bela dormida, porém conheça o lugar, veja se é seguro e bom sonhos.

VII - Servas
Servas é uma ONG que recebem visitantes que estão interessados em promover a paz mundial. Mas não pense que é fácil conseguir uma vaguinha, você precisa ter mais de 18 anos e passar por uma entrevista além de pagar uma taxa; através do site http://brazil.servas.org/ você pode se informar melhor sobre este serviço.


VIII - Moteis
Hmmm você safadinho(a) já deve ter pensado besteira não é?! Pois bem; na verdade os Moteis era pra ser e são (em todos os outros países), simples hotéis de rodovias, diferente do Brasil. Então é válido essa hospedagem; para viagens no exterior; ou...hmm quem sabe seja válido para você que vá viajar por aqui mesmo.

Hmmm, falei duas vezes de filme nesse post; será algum sinal?! #PeguemODoce.

12 de novembro de 2010

Guia dos mochileiros - Segundo passo

Vocês são espertos e com certeza já seguiram as dicas do Guia dos mochileiros - Primeiro passo
então vamos ao segundo e esse por ser mais complexo vou dividí-lo em partes para não ficar extenso o post, porém não levarei tanto tempo para postar; combinado?! Então vamos lá...

Guia dos mochileiros
- Orçamento. Parte 1/3 Deslocamento
Orçamento - É, pra você que não é rico esse é o passo principal, porque né?! Há quem fala que dinheiro não compra tudo, mas é proque ainda não lhe fizeram uma boa oferta. brincadeira.
Realmente dinheiro não compra tudo; mas é a fonte principal da nossa viagem e pra isso terá que economizar em TUDO.

Bom, vou começar pelo transporte já que sem ele não vamos a lugar nenhum.
Temos então 6 opções:

1 - Carona
É, talvez seja esse o tipo de transporte que veio na sua cabeça quando falamos em mochilão.
Mas não é fácil ir à beira da estrada e apontar o dedo e aguardar um caminhoneiro lhe oferecer transporte; pra isso tem sites os sites Caroneiros e Ecarona que pode te ajudar.

Até mesmo pra algo simples assim, temos alguns passos que poderão facilitar a carona:
I - Sorriso no rosto, simpatia. Nos trajes pegue leve; nada de parecer um mendigo, porém nada de ostentação para evitar assaltos;
II - "Bom jovem; vou parar ali no posto bater uma larica e dar uma descansadinha; em 2horas continuamos a viagem" - É pois é, se você está com pressa, já risque a opção carona;
III - "Nada de caminhão; hoje vou de carona num esportivo importado" - Olha, só se você tiver muita sorte mesmo;
IV - Postos de gasolina, borracheiro, policia rodoviária; são os melhores pontos para conseguir carona.
V - Agora você que vai pedir carona no meio do nada. Esqueça o dedinho, somos modernos, se tiver um letreiro digital é melhor brincadeira. Prático e objetivo é levar uma cartolina, pincel atomico ou canetão e escreva o destino; faça um smile pra dar uma simpátia no cartaz descontraindo.
VI - "Filho, não aceite doces de desconhecidos, não converse com eles" - Pois é, trocou o lado da moeda, dessa vez você é o desconhecido. Além disso; saiba reconhecer um bom carona, pessoas ruins existem e não quero que você encontre com elas.
VII - Você mulher, bonita, sexy e sarada que é e eu sei; não vá sozinha!!!

2 - Bike
É uma ótima dica; mas se prepare para alongamentos antes e depois das pedaladas para evitar que as cãimbras(?) acabe com seu passeio. Fazer exames e consultar um nutricionista é válido, já que a atividade física exigirá muito de você, porém é para mim o mais recompensador tipo de transporte.
É importante equipar a bike com refletores para viagens noturnas.

3 - Transportes públicos e linhas rodoviárias.
Uma forma segura e até barata de viagem. Mas não se esqueça de levar seu celular com MP3, ou seu aparelho de som; caso contrário pode viajar ao lado de pessoas perturbadas que insistem em não utilizar fones de ouvidos na hora de ouvir as músicas no seu V3.

4 - Avião
Rápido, porém necessita de integração com outro meio de transporte.
Ela poderá consumir muito do seu pouco dinheiro e como você não quer isso que eu sei; vou dar uns bizu (dica):
Sempre há promoções; inclusive aquelas relâmpagos que a passagem vai pra R$9,00 (exemplo), portanto a ordem é: PESQUISAR MUITO, onde? sites de companhias aéreas, sites especializados em vendas de passagens, além daqueles de comparação como:


5 - Veículo particular
Menos emocionante de todos; principalmente se for sozinho. Porém se estiver numa velha Kombi colorida propicia a várias quebras pelo caminho e com vários amigos, mudo nesse momento o que falei.

Indico o veículo próprio pela praticidade de ter o deslocamento porta a porta, facilidade, conforto e particularidade. Porém nada de economico haja vista o valor do combustível e os pedágios.


6 - A pé
Bom, sem dica. A pessoa que tem a coragem de ir a pé; com certeza sabe o que ta fazendo.



4 de novembro de 2010

Turismo em Paraty (RJ) com estilo

O blog Choose Your Trip apresenta um novo quadro. 
Turismo com Estilo, trará dicas de moda e como arrumar suas malas de acordo com cada destino. 
A parceria hoje é feita junto com o Blog Oxique, então, simbora...

O Turismo

Se há um lugar que os patrimônios culturais e naturais encantam os visitantes, esse lugar é carioca.
Paraty é uma cidade colonial do Rio de Janeiro e é considerada Patrimônio Histórico Nacional.
Centro Histórico de Paraty
Considerada pela UNESCO como o "conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso" e tombado pelo IPHAN como Patrimônio Nacional, o Centro Histórico de Paraty remonta aos idos de 1820 e só pelo seu título e importância, já podemos imaginar o que vamos encontrar por lá não é mesmo?


O turista tem também a oportunidade de conhecer o trabalho das tribos indígenas que vivem até hoje na região e conhecer o processo de fabricação da pinga tendo a chance de apreciá-la já que ninguém é de ferro e caso se apaixone pelo sabor deixo a sugestão da viagem pro mês de agosto, quando acontece o Festival da Pinga.

A parte artística de Paraty fica por conta do Grupo Contadores de Estórias que se apresentam regularmente no Teatro Espaço. O grupo encanta a crítica especializada como o jornalista Stephen Holden do jornal The New York Times que disse: “Ao final da apresentação sem palavras, fica a extraordinária sensação de que as figuras em miniatura são mais reais que os humanos.”

Okay, deixando o nosso lado culto, Paraty oferece aos turistas diversos  pontos naturais para contemplar a natureza.
São ao todo 43 praias contando com a maravilha vila de Trindade (um destino que você não pode deixar de conhecer), 12 cachoeiras, algumas com difícil acesso devido ao relevo acidentado que acaba deixando ainda mais emocionante o encontro e outras 50 ilhas, vale lembrar que nem todas têm livre acesso, mas uma que vale a pena conhecer é a Ilha do Araújo onde encontra-se uma comunidade caiçara que preserva seu artesanato e as tradições como a Festa de São Pedro e Festival do Camarão no mês de junho.
Devido a suas águas claras e calmas, o mergulho é outro forte da cidade que tem a disposição 10 pontos de mergulho, para iniciantes ou experientes.
Se estiver em um barco de passeio, pode ter a felicidade de se deparar com baleias, botos e golfinhos. Ao todo existe 79 espécies descritas, 39 no território brasileiro e 13 podem ser encontradas na Baía da Ilha Grande.
 
Praia Brava / Cabeça de Indio / Cachadaço / Praia do Meio

 Para quem procura um bem-estar mais completo, Paraty oferece também serviços de aromatopia, massagem, sauna, ofurô, etc. O turismo de saúde é bem visto devido a localização privilegiada, com acessos a cachoeiras, natureza, pássaros, além de toda a estrutura profissional.
De certo Paraty não é um lugar para ser visitado em um ou dois dias tamanho é sua diversidade turística.

Ilha do Breu/Cachoeira Pedra Branca

Por ter essa diversidade de atrativos como praias, cachoeiras, teatro, festas; os turistas precisam saber o que levar para viagem e o blog #ChooseYourTrip convidou o #Oxique para dar as dicas de moda masculina para você homem que tradicionalmente nunca sabe como montar as malas.


Oxi! Que tal arrumar as malas e cair na estrada?

O Oxique está de malas prontas com destino à praia de Paraty no estado do Rio de Janeiro, acompanhado do Choose your Trip.
 
Oxi! Mas o que tem moda a ver com turismo?
Você descobrirá que moda não está apenas em etiquetas e nas araras das lojas. A moda está no cotidiano, nas ruas, na cultura, na arte, na televisão... Ou seja, viajar também é moda, pois conhecer outros lugares, outras culturas, adentrar em outro mundo nada mais que do que descobrir determinado estado, país, continente através da sua comida, música, linguagem e roupas!
Oxi! Mas que roupa levar?
Calma. Pelo que já percebemos, trata-se de uma cidade litorânea, portanto roupas leves. Ou seja, sua mala terá um clima todo verão. Bermudas, Camisas e Regatas, Uma calça ou duas no máximo, óculos de sol, boné e chapéu, sandália e tênis, e claro protetor solar e roupas de tecidos leves.
Oxi! Tá na hora de colocar as roupas na mala!
Primeiro é preciso saber quantos dias você terá de viagem, pois a quantidade de roupas vai de acordo com a quantidade de dias, isso para evitar o excesso.
O Oxique e o Choose your Trip, vamos passar 4 dias!
Por se tratar de uma cidade litorânea, sunga ou bermudas não podem faltar, pois ninguém resiste ao mar de Paraty. Então, duas sungas ou duas bermudas.
Camisas básicas e leves, de algodão principalmente. Camisas regatas também. E sendo assim, 4 camisas básicas e 2 regatas.
Uma calça jeans e alguma outra de algum tecido bem leve, pode ser algodão. Mais do que isso é exagero.
Sandália, de couro para restaurantes e lugares mais arrumados e despojados e para a praia, sandálias emborrachadas. Ou até mesmo, você pode aderir ao croc e leva-lo em sua mala ao invés da sandália.
Boné ou chapéu, dois ou três no máximo. Nada de exageros.
Cueca é sempre uma dúvida e, portanto, leve sempre o dobro de dias, ou seja, oito.
Hum... Esquecendo alguma coisa?
Ah! Protetor solar e claro cremes para o cabelo não ressacar.
E antes que eu me esqueça, combine as roupas antes de por na mala. Uma bermuda para duas ou três camisas e assim sucessivamente.
Não é difícil, é questão apenas de focar na programação, nas características locais e alçar vôo!


Praia, dia/noite.
Se vai passar a manhã e a noite na praia, use uma bermuda confortável e que seque rápido, se você for aqueles que adora um banho de mar. Esteja sempre com uma camisa para em seguida entrar em locais fechado para almoçar e jantar. E claro, protetor solar, um boné e uma sandália nos pés.

E a noite na praia? Uma bermuda de tecido e uma camisa despojada e vá com uma sandália de couro nos pés ou até um tênis rasteiro. Abuse da simplicidade.

Cachoeira
A roupa para a cachoeira é a mesma de um dia de sol na praia. Bermuda ou sunga como preferires e uma camisa.

Teatro
Para o teatro use uma calça e uma camisa mais arrumada, pode ser aquela pólo que você levou ou até aquela camisa xadrez. Um tênis e como já disse, opte pela simplicidade que todo turista tem!
  
Centro Histórico
Hum... Se você vai ao centro histórico é sinônimo de que vai andar muito, portanto um tênis nos pés para agüentar o tranco, uma bermuda para agüentar o calor de uma cidade litorânea e uma camisa confortável. E claro, que tal um chapéu panamá para se proteger do sol?


 
Contatos

Casa da Cultura de Paraty
Rua Dona Geralda, 177 - Centro Histórico – Paraty RJ - Cep: 23.970-000
Tel/Fax.: (24) 3371-2325  



Blog Parceiro Turismo com Estilo


27 de outubro de 2010

Guia dos mochileiros - Primeiro passo

Pensei em fazer um trocadilho que seria: Guia dos mochileiros das Galaxias, oops da Terra, já que o turismo espacial está muito caro", mas poupei vocês de uma piada de turismólogo infame.

A alguns dias comecei a conversar com um amigo de Aracaju-SE (acertei!!! De tanto que meu amigo falou eu tirei o acento do 'ju'), e combinamos de fazer nossas economias pra sair em um mochilão pelo litoral brasileiro, mais precisamente do Amapá ao Rio Grande do Sul, sabe aquela história do Oiapoque ao Chuy? Então...

No carro (decidimos não optar pela carona logo na primeira vez), estará:
Eu (@dihpardal), turismólogo. (vou me formar em menos de 2meses, então né?)

Mau (@mundoparticular), estudante de jornalismo.
Anne (@annekarolines), estudante de publicidade e propaganda
...(reticências significa que ainda há espaço para mais um)


Não temos nenhuma experiência mas para se adquirir é preciso dar o primeiro passo não é mesmo? Conhecimento teórico eu e meus parceiros temos, cada qual na sua área, ou não básico mas temos.
Decidi então compartilhar aqui com vocês que já pensaram/pensam/pensarão em fazer um mochilão.

Como são várias dicas, vou dividir em passos para não sobrecarrear a paciência/vista de vocês:

Guia dos mochileiros - Meu primeiro mochilão, por onde começo?

O primeiro passo a ser dado quando se pensa em mochilão é listar os destinos. Tendo os destinos listados você deverá procurar o máximo de informações possíveis sobre ele como por exemplo: rotas e meio de transportes e custos, quais os tipos de hospedagem disponíveis na cidade e custos, acessibilidade quanto aos atrativos turísticos (alguns atrativos é necessário a contratação de guias e custos), clima, geografia, dependendo do atrativo, deverá pesquisar também os equipamentos necessários.
AAAH! Lógico que você não irá esquecer sua camera fotografica correto?
Além dos cartões postais dou a dica de conhecer a cultura, a gastronomia e história dos destinos, assim carregará consigo muito conhecimento, além de plantar o interesse do turismo regional nos próximos destinos através da propaganda boca a boca, promovendoa valorização dos núcleos receptivos, da comunidade e preservando a história e cultura dos locais (falei sobre a sustentabilidade no turismo aqui).

Essa foi a minha dica de hoje, logo postarei outros passos para sairmos mochilando, aguardem!!!
E você que se interessou, já comece a fazer sua lista de destinos. Me mantenham informado sobre suas viagens e mandem suas sugestões e críticas para diogo.fobento@hotmail.com


21 de outubro de 2010

Reveillon, começa agora!

Final do ano já ta chegando e para você que pensa que ainda falta 2 meses e meio é por que de certo não está correndo atrás de casas de praias e chácaras para alugar e passar a virada do ano arrazando com seu corpo sarado e bronzeado na praia ou à beira da piscina numa bela chácara em meio a árvores e pássaros.

A procura dessas hospedagens começa logo em setembro e como somos brasileiros e deixamos tudo pra última hora, intensifica-se e muito a procura nos meses de novembro e dezembro, mas cuidado...Pensando assim, poderá sofrer uma grande decepção e não arrumando nada.

Além do mais, existe a grande regra da oferta x procura.
Em baixa temporada a diária de algumas chácaras que custam R$350 pode chegar a R$600 em alta temporada, representa um aumento de aproximadamente 70% não sou contador, logo qualquer falha na regra de três é aceitável.

Então fica a dica pra você que está pensando em passar o final do ano na praia ou em uma chácara; vá atrás o quanto antes da sua hospedagem, caso contrário pode acabar criando muitas expectativas e pode se decepcionar. E digo mais, difícil vai ver as atualizações recentes do seus contatos no orkut e olhar pras fotos postadas deles super queimados na praia vendo os fogos ou aquela rodinha envolta da piscina e um porco no rolete ao fundo. 

Seja na praia, em uma chácara ou interior. Faça um planejamento e #ChooseYourTrip.

16 de outubro de 2010

Uma dose a mais de adrenalina.

A etapa final do Campeonato Brasileiro de Paraglider que vai acontecer no próximo dia 17 me inspirou pra fazer este post.
Botucatu é a primeira cidade do Estado de São Paulo a sediar o evento em sua fase final e foi escolhida devido suas belezas naturais e a excelente rampa para a realização da atividade.
Profissionais de todo o país já estão em Botucatu, inclusive alguns recordistas mundiais. O Luiz Henrique "Sabiá" (aquele que vira e mexe aparece no programa do Faustão), que apresenta o programa Sabiá no Ar no canal fechado de esporte ESPN Brasil estará presente e fará uma performance junto ao Carlos Eduardo Tosetto (Presidente do clube de voo livre), especial durante o evento.

Como estou falando de Turismo de Aventura; não podia deixar de citar aqui a cidade de Brotas, localizada no interior de São Paulo e ótima para a realização de vários esportes de aventura como tirolesa, cayoning, bóia-cross, RAFTING, duck, voos de trike, etc...

O RAFTING
"Ah menino, mas você não tava falando de Paraglider em Botucatu?" - "Sim! Eu estava, mas disse que isso teria sido só a inspiração pro post de hoje"



É o esporte de aventura mais famoso realizado em Brotas.
Durante a descida o turista encontrará corredeiras e quedas de até 3metros num bote com capacidade para 7 pessoas mais o instrutor que antes do passeio dará instruções de como se comportar.
Os equipamentos são fornecidos pela operadora. Portanto esqueçam aquelas suas boias de patinho e o capacete do Power Ranger vermelho.

São três variações para o passeio:

Rafting -  Trecho do rio mais afitado com corredeiras e quedas de classes III e IV com a duração de 2h30min de rio (um período total - manhã ou tarde, com instruções e transporte)

Rafting noturno - Praticado no mesmo trecho, porém em noite de lua cheia. Mas sem preocupações, lobisomens não gostam de praticar esportes.

Mini-rafting (floating) - Realizado em outro trecho do rio e mais calmo na classe de I e II, com duração de 1h00min de rio (um período total - manhã ou tardem, com instruções e trasnprte)

Okay, me empolguei, quero ir. Mas quem eu procuro?
Agora que já sabe onde praticar e se aventurar; arrume sua mochila sem a boia de patinho ou capacete de power rangers e #ChooseYourTrip.

13 de outubro de 2010

Vale a pena ver de novo

Algumas atitudes é que farão a diferença e decidirão se você voltará ou não para o lugar já visitado.
Muitos turistas não planejam sua viagem visando a sustentabilidade. HOJE, não basta somente descobrir como chegar, encontrar companheiros e escolher o destino. Viajar se tornou algo mais complexo.
Em época onde o assunto mais tratado é a sustentabilidade, nada melhor que o próprio turismo ser uma das ferramentas na hora de conscientizar a população e trazer beneficios tanto para o visitante quanto para o visitado.

Então lá vai algumas dicas:

Antes:
  1. Pesquise se o local a ser visitado é um destino que traz beneficios para você turista, comunidade, fauna e flora local.
  2. Opite por acomodações e transportes que priorizam o racionamento de energia, com fontes limpas, efiecientes e que promovam a conscientização dos usuários.
  3. Não leve para a viagem produtos que possa encontrar no destino; em compensação traga tudo que possa ser encontrado lá pra sua residência. Isso gera emprego e renda pra população além da valorização das tradições locais.
Durante:
  1. Lixo! Bom, essa é uma dica que não era pra ser dada, deveria fazer parte do dia-a-dia. Recolha o lixo e separe o reciclável do orgânico.
  2. Ao dividir o carro com outras pessoas e mantendo o veículo em boas condições, você minimiza o impacto da poluição.
  3. Reserve um tempo para conhecer a cultura local a comunidade, costumes, passado. Curta os sabores locais, comidas típicas trazem consigo um grande valor simbólico.
Volta:
  1. Efeito multiplicador; comente sobre suas viagens. Divulgue o que você viu; boca a boca, fotos, blogs, videos.
  2. Há sempre projetos relevantes de conservação, desenvolvimento sustentável e educação ambiental; conheça e apoie.
  3. Mantenha contato com os amigos feito nas viagens.
O Brasil é um dos países que fazem parte de uma Força Tarefa para o desenvolvimento do turismo sustentável. A cidade de Paraty (RJ) foi escolhida como projeto piloto pela sua diversidade, apresentando áreas naturais protegidas, patrimônio histórico e culturas tradicionais

Então aqui está minha dica; faça um planejamento antes de cair na estrada e veja a melhor maneira para realizar um turismo sustentável; assim terá a certeza de que poderá visitá-lo novamente. #ChooseYourDestiny

11 de outubro de 2010

Interior, tédio?!

É contraditório o post de hoje, afinal estou numa pequena cidade do interior de São Paulo com uma estimativa populacional de 16.274 (2009). Onde estou cansado de não fazer nada; mas também, nada mais merecedor pra quem saiu de uma semana de provas e várias "buchas" no trabalho não é mesmo?!

Logo que se fala em Turismo, vem na cabeça imagens de praias, grandes centros com uma infra-estrutura para atender um público de massa, talvez uma cultura aqui, outra ali; fatos históricos cá e acolá.
Um segmento que vem crescendo no Brasil é o turismo interiorano. Esse turismo propicia a valorização dos patrimonios históricos, culturais e naturais e faz com que a própria comunidade passa a perceber a importância de sua hospitalidade que NORMALMENTE já é das melhores.
Temos que tomar cuidado na hora de realizar um turismo interiorano para que não haja a influencia dos turistas na comunidade local, fazendo com que eles percam suas caracteristicas, culturas e tradições. Foi-se o tempo em que o interior era idéia de um lugar tedioso e sem o que fazer.

Deixo aqui minha dica para uma viagem até a "Princesinha da Serra", Lages-SC que hoje é considerada a Capital Nacional do Turismo Rural  e foi a pioneira neste segmento.
 

Foto: Morro da Cruz
 
Foto: Parque Pedras Brancas

Foto: Salto do Rio Caveiras

O que fazer?

Logo que falamos de interior vem na cabeça a imagem de um senhor na beira do rio que pesca um pequeno lambari mas que ao contar aos amigos se transforma em um dourado de 5kg no mínimo não é mesmo?! Que tal aproveitar as mais de 20 opções de rios que podem ser explorado e levar uma história de pescador aos seus vizinhos? Você pode optar também pelos estabelecimentos tipo pesque-pague:

Pesqueiro São Luiz
SC 425, km 83.
Tel: (49)3222-6908/8819-1881
Pesque e Pague Lagoa do Foge
BR 282  Areião
Fones: (49)9108-8274/9144-5050


Além da pesca, Lages oferece lugares para a prática de esporte e Ecoturismo como o Cicloturismo, Turismo Equestre, Trekking e Parapente. Sigam as dicas:

Ecos da Serra - Turismo & Aventura
Rua: Presidente Lincon, 76 - Beatriz
Fone/Fax: (49)3222-6001 ou 9987-1768

http://www.ecosdaserra.com.br/Serviços: Cicloturismo, trekking, cavalgadas, montarias e off road


Adventure Park
Rod. SC 438 km 10 Localidade Pedras Brancas Lages SC
Fone: (49)9911.8373
Site: http://www.adventurelages.com.br/
Serviços: Escalada, Rapel, Trekking, Tirolesa, Via Ferrata

Coxilha Rica Turismo Eqüestre
Rua Caetano Costa Jr 54 – Centro.
Fone: (49)3222-3079
Serviços: Viagens à cavalo com montarias completas, carro de apoio, guias, rádio,   telefones, pouso em fazenda centenária, percorre o antigo caminho das tropas,   araucárias e águas limpas.

O que comer?

A gastronomia brasileira é riquissima, logo não faltaria pratos típicos da região.
Em Lages, pode-se encontrar grande variedade gastronomica entre pizzarias, churrascarias, restaurantes, sorveterias e chocolatarias.
Exemplo de dois pratos típicos da gastronomia da região são:

Cultura?

A cidade possui grandes monumentos que homenageiam o povo, culturas, personagens e tradições da cidade.
O artesanato é forte então, não deixe de fazer suas comprinhas para trazer de volta umas lembranças. Aaaah, não se esqueçam de mim, okay?!

Sigam as dicas:

Casa do Artesão
Rua Benjamin Constant, ao lado da Fundação Cultural
Fone: (49) 3224-7425

Arte Catarina
Praça João Ribeiro, 40
Fone: (49) 3223-8944

Arte Manha
 Rua Benjamin Constant, 96
Fone: (49) 3224-7425

Encontrei dados de uma Agencia Receptiva que concerteza saberá guiar você turista melhor que eu.

Agência de Turismo Receptivo
Lia Ramos Turismo
Shopping gemini, sala 23
Fone/fax: (49) 3222-2920 / 3224-2920

Serviços: City tour, passeios pela região, By night, Dia no hotel fazenda, cavalgadas e muito mais.

Bom; então pra você que ta na correria do dia-a-dia (tem hífen? Maldita reforma ortográfica!) deixei aqui minha dica, agora junte suas malas e #ChooseYourTrip

Algumas informações retiradas do site da Prefeitura Municipal de Lages: http://www.lages.sc.gov.br/

4 de outubro de 2010

Dilema

Outubro de 2010, um mês, um dilema.

SWU vs Oktoberfest

Do lado esquerdo do ringue a SWU, que vem com o compromisso politico da sustentabilidade. um dos assuntos mais tratados na atualidade. Tras atrações que prometem agitar por três dias a exótica cidade de Itu, interior de São Paulo; conhecida por ser a cidade dos exageros. Dentre as atrações estão Dave Matthews Band, Kings Of Leon, Tiësto, Joss Stone, Avenged Sevenfold, Incubus e as já consagradas Linkin Park, Los Hermanos, Capital Inicial, Queens Of The Stone Age e Rage Against The Machine (grupo conhecido pelas letras de protestos), que inclusive fará seu primeiro show no Brasil.

Do outro lado a Oktoberfest.
Tradicional festa de cultura alemã, inspirada na Oktoberfest de Munique. São 18 dias de festa que vão unir visitantes de todo o Brasil e exterior na cidade de Blumenau, SC que já tem em suas caracteristicas arquitetonicas a imagem alemã. Pode não ter nomes de peso em suas atrações; mas vem com toda cultura alemã com desfiles folclóricos, fanfarras, brinquedos exóticos, etc.
Sua carta na manha fica por conta da diversidade de cervejas e chopes artesanais da região e se essa é uma das paixões do brasileiro, o corajoso pode tentar participar da disputa do Chope em Metro. A regra é simples, basta beber um metro de chope (600ml em menos tempo, sem babar ou tirar a boca da tulipa). Falando em paixões dos brasileiros, tem também o desfile de rainhas (que na minha opnião promete, já que Santa Catarina é tão conhecida por suas mulheres tão maravilhsoas)

FICHA TÉCNICA

SWU
Idade:
Recém criada
Origem: Há quem diga que é a mesma idéia do Woodstock, sendo assim temos aí um grande herdeiro e uma ótima genética
Tradição: ★
Atrações: ★★★★★
Localidade: ★★★
(Tanto pela cidade um tanto quanto diferente, tanto quanto pela Fazenda Maeda)
Peridiocidade:
Pode ser esporádico ou única.
Duração:
Três dias
Pontos fortes:
-Atrações de renome mundial;
-Visão politica sustentável;
-Pode ser a única oportunidade de ver um evento como esse;
-Pode ser a única oportunidade de ver Rage Against The Machine;
Pontos fracos:
-Evento em geral sem renome;
-Muitos acreditavam que não seria realizado;
-Perdeu grandes aliados como Pearl Jam, Smashing Pumpkins, Green Day e Foo Fighters;

Oktoberfest
Idade: 27 anos
Origem: Oktoberfest de Munique conhecida mundialmente
Tradição: ★

Atrações: ★★★★
Localidade: ★★★

Peridiocidade:
Anual
Duração:
18 dias
Pontos fortes:
-Culturas alemãs;
-Cervejas para todos os gostos;
-Desfiles das mais belas mulheres
-Gastronomia;
-Cidade que já é um atrativo turístico;
-Competições;

Pontos fracos:
-Atrações sem tanto renome
-Não da pra ir dirigindo para o evento, já que né?! KK' (a não ser que encontre um motorista que não beba);

______________________________________________________________

Agora que já sabem sobre os competidores, façam suas apostas e #ChooseYourTrip
*No caso de você ser um sortudo provido de muito dinheiro; vá para os dois e me leva.

Mais informações nos sites dos eventos:
SWU
Oktoberfest

27 de setembro de 2010

Cicloturismo no Pólo Cuesta

No penúltimo post(aqui) falei da Adventure Sports Fair que inclusive criei grandes expectativas para voltar lá esse ano, porém os imprevistos me sacanearam.

Pois bem,
minha região estava presente naquele fantástico evento que teve seu encerramento no dia 26/09.
O Pólo Cuesta lançou a "Travessia Pólo Cuesta de Cicloturismo", a região que é composta pelas cidades de Anhembi, Areiópolis, Bofete, Botucatu, Conchas, Itatinga, Pardinho, Pratânia, Paranapanema(única que obtem o título de Estância Turística) e São Manuel. A parceria que a entidade (Pólo Cuesta), matém com a Secretária Estadual de Esporte, Lazer e Turismo, através da Secretaria de Turismo foi um dos principais motivos para que tenham tido êxito no evento que reuni grandes oportunidades, tanto para o turista quanto para o empresário.

A travessia é formata por nove etapas totalizando mais de 420Km de percurso. Durante o trageto o cicloturista encontrará grandes atrativos visuais como a vista do mirante das três pedras, o rio Paranapanema e o colorido e perfumado Campos de Holambra. Clique aqui para ter acesso a mais informações da Travessia Pólo Cuesta de Cicloturismo.

Agora pegue sua bike, monte sua mochila e #ChooseYourTrip.


Foto das Três Pedras entre os municipios de Botucatu e Bofete.

Rio Paranapanema, Paranapanema.

Campos de flores de Holambra

Parabéns Turismólogos.


Em ritmo, em ritmo de festa (voz do Silvio Santos).
Pois é pessoal, hoje o blog ChooseYourTrip está em festa.

27/09 dia do Profissional de Turismo e eu como tal estou aqui pronto pra receber presentes e/ou lembranças. Depois passo meu endereço.

Nós turismólogos temos nosso dia, insígnia, um código mundial de ética formatado especialmente para nossa atividade e um juramento:

"Prometo, como bacharel em turismo, dedicar-me à pesquisa e ao desenvolvimento sustentável do turismo; empenhar-me pelo engrandecimento do fenômeno turístico, no Brasil e no mundo; preservar o turismo como instrumento de paz, bem estar e entendimento entre povos e zelar pelos valores éticos da profissão."

Só nos falta o reconhecimento, só nos falta a regulamentação da nossa atividade.

Meus parabéns a todos os turismólogos. Em especial as arrobinhas que sigo no twitter:
@, @, @, @, @, @, @ e @ @, @, @, @, @, @ e @

22 de setembro de 2010

Adventure Sports Fair 2010

Se preparem!!! Vai começar a MAIOR FEIRA DE ESPORTE E TURISMO DE AVENTURA DA AMÉRICA LATINA.

Como assim? Quando, onde e quanto pago? O que fazer?
Calma!!! Vou explicar tudo, ou não...

1) Quando?
23 a 26 de setembro, 2010
Quinta e sexta das 14h às 22h
Sábado das 12h às 22h
Domingo das 12h às 20h

2) Onde?
Anhembi - São Paulo, SP
Rodovia Olavo Fontoura, 1.209 - Santana
(mapa aqui)

3) Quanto R$ ?
20R$ individual para cada dia do evento
Aê, mas então como sou estudante eu pago metade? Éééééé, não!!! O evento é comercial, portanto não tem desconto.
Grátis: Crianças até 9 anos e pessoas com mais de 65 anos.
Outras informações de ingressos aqui.

4) O que fazer?
A quantidade de atividade a se fazer na feira é grande, para todos os tipos de turistas.
Aquele que vai a negócio pode aproveitar para fechar parcerias comerciar e acordos, coletar informações sobre setor.
É possivel analisar novos destinos turísticos e testar equipamentos. O entretenimento fica com diversas atrações esportivas e interativas que estão acontecendo simultaneamente.

OFF-ROAD, A FIAT com sua linha Adventure 4x2 e a VOLKSWAGEN com o modelo Amarok 4x4 terá uma pista off-road para um TEST-DRIVE. Mas, somente aqueles acima de 18 anos e com habilitação. Uma jogada e tanto de marketing das duas empresas não acham?

SLACKLINE, já ouviu falar? É um novo esporte em que o praticante precisa atravessar do ponto A ao B sobre uma fita especialmente desenvolvida para a atividade. Haverá instrutores, os três primeiros ganharam prêmios e todos os participantes brindes. OBS: Somente dia 25/09 às 17h.

BOULDER, já imaginou você pisando nas geleiras da Patagonia? Já, mas é nunca tive a oportunidade de ir até a Argentina. Mas um pedaço dela veio até você e essa é sua chance; ela estará exposto numa câmara de resfriamento onde o público poderá praticar o trekking no gelo. Já preparou o limão, pinga ou vodka?

SNOWBOARDING, continuando na mesma temperatura. Que tal aproveitar a pista artificial e dar uma volta?

Essas são somente algumas das diversas atividades que acontecerá na feira. Reserve um dia, venha com a familia, amigos ou sozinho. Fui no ano passado e dia 25 desse ano estarei lá novamente, quem sabe nos encontremos?! Se prepare e #ChooseYourTrip

Site do Evento: Aventure Sports Fair